Total de visualizações de página

domingo, 26 de junho de 2011

CORINTHIANS HUMILHA SEU MAIOR ADVERSÁRIO.


Corinthians humilha o São Paulo e acaba com seqüência perfeita do rival.


De forma arrasadora, o Corinthians goleou o São Paulo por 5 a 0, neste domingo, no Pacaembu, e acabou com o início perfeito do rival no Campeonato Brasileiro ­ o Tricolor tinha cinco vitórias em cinco partidas até aqui. Danilo iniciou a avassaladora vitória corintiana, Liédson marcou três vezes e Jorge Henrique, em falha feia de Rogério Ceni, que no clássico anterior havia sido o heroi do jogo ao marcar seu gol 100 em vitória no no Campeonato Paulista, completou. Muito desfalcado ­ Rodrigo Souto e Juan estavam suspensos, Casemiro, Rhodolfo e Miranda, machucados, e Lucas defende a seleção brasileira ­ o São Paulo jogou com dez jogadores desde o fim do primeiro tempo após expulsão de Carlinhos Paraíba e assistiu passivo ao passeio corintiano na etapa final.Apesar do duro golpe, o São Paulo ainda é o líder do Brasileirão, com 15 pontos. O Corinthians tem uma partida a menos e está em segundo lugar, com 13 pontos. O jogoMesmo com os desfalques são-paulinos, o Corinthians não mostrou tanta superioridade no primeiro tempo. O time alvinegro até levava perigo em chutes de fora da área, mas a partida seguia equilibrada.Os primeiros 45 minutos terminaram empatados, mas aconteceu ainda antes do intervalo o lance que mudaria o panorama do jogo. Depois de tomar cartão amarelo junto com o corintiano Paulinho por discussão, Carlinhos Paraíba fez falta dura em Chicão e foi expulso. Se o São Paulo tinha alguma esperança de evitar a derrota com um homem a menos, ela acabou antes do minuto inicial do segundo tempo. O ex-tricolor Danilo recebeu bola dentro da área, deixou Bruno Uvini no chão e só rolou para a meta aberta.Aos oito, o segundo do Corinthians. Paulinho cabeceou após escanteio, a defesa são-paulina cochilou e Liédson, cara a cara com Rogério Ceni, só tocou por cima do goleiro. Liédson fez mais aos 15, ao receber nas costas do marcador e chutar forte no alto de Rogério. Jorge Henrique encerrou o placar em falha feia de Rogério.

Nenhum comentário:

Postar um comentário