Total de visualizações de página

terça-feira, 21 de junho de 2011

IRITUIA SEM CARNE BOVINA.

 Irituia vive um momento no mínimo inusitado, desde o último sábado 18/06, esta proibido o abate do gado no município, o fato se deu em decorrência do fechamento de um matadouro clandestino que funcionava a altura do km 03,  segundo informações, não apresentava as mínimas condições de higiene, funcionava sem o acompanhamento de um veterinário, sem alvará de funcionamento e sem qualquer controle de qualidade do animal ali abatido, as autoridades policiais chegaram ao local exatamente quando haviam sido abatidos dez animais sem qualquer inspeção, foi então que sobe a ordem do Juiz da Comarca de Irituia, os animais foram apreendidos e cremados, a partir desse instante, houve quem reclamasse que o matadouro municipal também não estava dentro das normas estabelecidas por lei, foi então que houve uma representação do ministério público  alegando que o matadouro não teria o acompanhamento de um veterinário, e dentre outros fatos licença ambiental para funcionar, etc... a prefeitura alega que existe sim uma veterinária contratada pela prefeitura e que presta serviço junto ao matadouro municipal e que a licença ambiental esta esbarrando na burocracia, mais já esta sendo providênciada. Enquanto existe essa queda de braço entre os poderes e ainda não se tem uma solução para o caso, quem sofre é a população que fica sem poder adquirir o produto para  o consumo do dia a dia, esperamos que isto logo se resolva e que as autoridades tanto municipais quanto jurídicas, juiz, promotor, etc...  usem do bom senso para amenizar tal situação.

Um comentário:

  1. Você tem razão Ronaldo Silva a afirmar: que enquando as altoridades ficam brincando com o poder quem tem nas mãos, quem sai prejudicado é a pobre da população, onde ha mais de 100 comunidades que sofrem com esse descaso das altoridades.Isso além de ser uma humilhação para nós, é também uma tremenda falta de respeito para com a população.infelizmente os irituenses tem quem escolher entre o ruim e o pior.

    ResponderExcluir