Total de visualizações de página

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

CORINTHIANS NÃO QUER DEPENDER DE ADVERSÁRIOS.


As rodadas finais do Campeonato Brasileiro de 2010 ainda são lembradas no Corinthians. O técnico Tite e os atletas que ficaram neste ano lamentam o fato de, para eles, algumas equipes (como os rivais São Paulo e Palmeiras) terem facilitado o título para o Fluminense, pois não tinham mais pretensões dentro da competição.

"Nunca ninguém admitiu, mas a gente que joga futebol sabe que não teve vontade nenhuma para ganhar, para jogar jogos como aqueles", diz o meia Danilo, presente na campanha de 2010, quando o time terminou em terceiro lugar. "Mas isso ficou para trás, é outro campeonato. Esperamos ganhar sem depender de ninguém".

Na visão do camisa 20, situações como aquelas (derrotas do São Paulo por 4 a 1 e do Palmeiras por 2 a 1) partiram de pressão da torcida, que não queria o arquirrival campeão. "A cobrança é muito grande, mas o jogador tem que fazer a parte dele. Porque é assim: hoje estou aqui, mas amanhã posso estar lá. É melhor ficar marcado por uma coisa boa do que por uma negativa", argumentou o jogador, campeão brasileiro vestindo a camisa do São Paulo, cinco anos atrás.

Até por conta da passagem pelo clube tricolor, Danilo espera que o São Paulo, ao menos desta vez, entre em campo procurando derrotar o atual líder Vasco, neste domingo, em São Januário. É o que ele faria, garante, se estivesse no lugar dos atuais atletas são-paulinos. "Eu daria meu máximo, como tenho feito em toda a minha carreira até hoje", encerrou o armador corintiano.

Além de São Paulo e Palmeiras, a equipe vascaína terá pela frente o Santos, já garantido na Copa Libertadores do ano que vem e pensando no Mundial de Clubes da Fifa, em dezembro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário