Total de visualizações de página

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

RODOVIA PA 253 - NÃO É MAIS A RODOVIA DA LARANJA, AGORA É A RODOVIA DOS BURACOS.

PA-253 trecho próximo ao Pinheiro.
     A tão conhecida e propalada rodovia da laranja PA - 253, que liga a BR-010 no Km 14 Irituia a Capitão Poço, hoje esta desta maneira como você pode observar nas fotos nesta matéria, completamente abandonada, buracos, mato invadindo a pista, inúmeros acidentes alguns com mortes fatais e até o momento nada se fez para minimizar tal situação, a quase um ano atrás, um caminhão conduzindo feirantes ao desviar de vários buracos próximo a fazenda do Ozéias como é conhecido o local, perdeu a direção e capotou levando dois trabalhadores que iam para a feira com seus produtos a óbito, foram dois seres humanos que perderam suas vidas, a alguns dias atrás, eu mesmo (Romário Silva) fui mais uma vítima dessa estrada esburacada próximo a localidade Pinheiro, capotei três vezes com meu carro ao sair da frente de um caminhão cujo o mesmo desviou para cima do meu veículo para sair de um enorme buraco no meio da pista que não tem nenhuma sinalização. 
Neste trecho, vários acidentes já ocorreram.
O Círio de Nossa Senhora da Piedade em Irituia, já esta próximo, os festejos começam a partir do dia 15 até o dia 23 de Outubro, quando se realiza a procissão, muitos romeiros nos visitam nesta época, essa estrada  nessas condições, infelizmente só vai aumentar as estatísticas dos acidentes, pedimos providências urgentes aos senhores Deputados estaduais, Federais, senadores e ao senhor governador Simão Jatene, ao qual votei, para que tome as medidas cabíveis, pois não aguentamos mais tanto sofrimento, ou será necessário morrer mais gente para que providências sejam tomadas?
Veja como esta a Rodovia da Laranja.

A noite fica ainda mais perigoso.

Aos motoqueiros muita atenção, perigo eminete.

O carro passa contra-mão na curva para sair do buraco.

Isso é uma vergonha.

Matos invadindo apista sem acostamento.

Buracos, muitos buracos.

Abandono total da PA 253.

Nenhum comentário:

Postar um comentário