Total de visualizações de página

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Mais da metade da população brasileira está solteira

A maior parte da população brasileira é composta por solteiros e o percentual de pessoas sem companheiro aumentou na última década, de acordo com um estudo do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), divulgado nesta quarta-feira (17). Em 2010, 55,3% da população brasileira estava solteira, contra 54,8% do total em ano 2000.

Censo Demográfico 2010 — Nupcialidade, fecundidade e migração aponta ainda que houve um aumento significativo no número de divórcios no Brasil. Segundo o IBGE, o percentual de divorciados quase dobrou, passando de 1,7%, em 2000, para 3,1%, em 2010.

O estudo mostra que o aumento nos divórcios ocorreu especialmente a partir de 2007, ano em que eles puderam ser requeridos nos Tabelionatos de Notas, desde que houvesse consenso e o casal não tivesse filhos.

As regiões com o maior percentual de divorciados no País são Sul e Sudeste com 3,6% e 3,8% da população separadas, respectivamente. No Centro-Oeste, os divorciados representam 3,7% do total. As três regiões têm índices superiores à média nacional, que é de 3,1%.

O Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal são os Estados que apresentaram o maior percentual de divórcios na última década. Em 2010, 4,1% dos cariocas e dos sul-mato-grossenses eram divorciados, e 4,2% dos moradores da capital federal também se encaixavam nesse recorte. Já o Maranhão é o Estado que menos registrou divórcios, com apenas 1,2% em 2010.

Assim com os solteiros e divorciados, houve um aumento no percentual de pessoas viúvas no País, indo de 4,6% para 5% entre os anos 2000 e 2010.

Os dados do IBGE apontam também que houve queda percentual de pessoas casadas e desquitadas ou separadas judicialmente. O total de casados foi de 37%, em 2000, para 34,8%, em 2010. Já o percentual de desquitados ou separados judicialmente foi de 1,9% para 1,7%, no mesmo período.


Nenhum comentário:

Postar um comentário