Total de visualizações de página

quinta-feira, 11 de abril de 2013

Presidente do TJD: julgamento do Parazão será até sexta 12/05.


Pode rolar futebol neste final de semana no Parazão 2013! O presidente do TJD/PA (Tribunal de Justiça Desportiva do Pará), Antônio Barra Brito, falou à reportagem do Portal ORM que há uma possibilidade de que o estadual seja retomado ainda neste final de semana, mas isto vai depender diretamente da data em que serão realizados os o julgamento da ação que acabou suspendendo o campeonato.
Antônio Barra Brito (foto) explicou que deve ser definida ainda hoje a data dos julgamentos do Mandado de Garantia impetrado pelo Santa Cruz de Cuiarana para pedir a anulação da última rodada da fase classificatória do returno da competição.
‘Estou aguardando somente o comunicado do relator do processo para saber qual será a data do julgamento do Mandado de Garantia. Além desse processo ainda tem também a impugnação em relação ao jogo que o Santa Cruz perdeu por W.O.. Caso os dois julgamentos sejam realizados até esta quinta-feira, acredito que haja rodada neste final de semana. Nosso esforço é para que este julgamento aconteça o quanto antes’, frisou.
Em relação a documentações que ainda estão pendentes para a tomada de decisão por parte do tribunal, Barra Brito informou que está no aguardo ainda das argumentações da FPF (Federação Paraense de Futebol) e do Paysandu. ‘São as contrarrazões deles, que devem chegar até o final do dia de hoje, já que o prazo é de 48 horas a partir de ontem’, falou.
O caso – Santa Cruz de Cuiarana e Paysandu tinham jogo marcado para o Mangueirão, em Belém, mas, por ter jogado em Cametá dias antes, o Santa Cruz – que era o mandante do jogo – solicitou à FPF a mudança do local da partida contra os bicolores para o Parque do Bacurau, que fica em Cametá.
O pedido foi estudado, mas a FPF indeferiu a solicitação sob a alegação de que o pedido teria sido feito fora do prazo legal. Além disso, um laudo da Vigilância Sanitária interditou o Parque do Bacurau.
Com o jogo confirmado pra o Mangueirão, a diretoria do Santa Cruz determinou que a delegação, que chegou a ir a Belém para o jogo, não fosse ao estádio e voltasse a Cuiarana, cedendo, portanto, a vitória por W.O. ao Paysandu.
Desde então, o Santa Cruz entrou com processos na justiça desportiva para anular a rodada e pedir a paralisação do campeonato sob alegação de que foi informado fora do prazo de 24 horas sobre as decisões que envolviam o jogo contra o Papão.
Ontem, até um processo na Justiça Comum, através de um homem que não tem vínculo profissional com o Tigre, foi impetrado, mas arquivado pela juíza da comarca de Cuiarana, Maria Augusta Freitas da Cunha, pedindo o mesmo que o Santa Cruz solicitava na justiça desportiva, mas o diretor jurídico da FPF declarou: ‘Apesar de tudo isto que está acontecendo, este assunto está sendo resolvido somente na esfera desportiva, ao menos por enquanto’.
Fonte:Carlos Fellip (Portal ORM)

Nenhum comentário:

Postar um comentário